Ouça a matéria:

MPF investiga irregularidades em contrato de R$ 820 mil da Prefeitura de Gurinhém (PB)


O Ministério Público Federal (MPF) instaurou inquérito civil para investigar supostas irregularidades em contrato celebrado entre a Prefeitura de Gurinhém (PB) e a empresa CFR Construções e Serviços Eireli, no valor de R$ 820.012, 64.

De acordo com o procurador da República, Rodolfo Alves Silva, em publicação no diário eletrônico do órgão nesta quarta-feira (13), o pagamento foi realizado com recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (FUNDEF).

O prazo para conclusão do inquérito civil é de um ano.

Confira:







Da Redação
Compartilhar no Google Plus
0 comentários (convencional)
comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

ATENÇÃO! O teor/conteúdo e/ou linguagem de cada comentário é de responsabilidade de quem o manifestou. No entanto, seguindo preceitos de ética e respeito, nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários que violem o propósito democrático do Portal Sem Censura PB ou que utilize-se de palavras inadequadas ou ofensivas à honra alheia.